sábado, 18 de novembro de 2017

"A EVIDÊNCIA"

MIGUEL
A EVIDÊNCIA
17 Outubro 2017
04/11/2017
"Retenham que não há nada mais a fazer,  
nada mais a empreender, somente estar aí, inteiramente aí".
Não há mais atrasos, não há mais distância, e isso é agora.
"A Verdade é nua, o coração se reencontra".
Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes.
Bem amados filhos da lei do Um, acolhamos uns aos outros em meio à Eternidade e o Amor.
Silêncio…
Eu saúdo e honro cada um de vocês, em sua verdade eterna de Luz. Abençoado seja o Eterno.
Silêncio…
Há, em termos terrestres, alguns meses que eu vos anunciei a aragem do solo da Terra.
Isso vos é visível hoje através da atividade dos elementos.
Quer seja no Fogo, quer seja na Água, quer seja no Ar ou quer seja na Terra, o Fogo Ígneo se revela a vocês por toda parte, onde quer que vocês voltem vosso olhar.
A evidência disso não poderá mais ser ignorada.
O Arcanjo Uriel trabalha agora em cada um de vocês, revelando o Branco da perfeição, da beleza, e da Verdade.
Assim como Maria vos disse, não se deixem abusar por alguns aspectos impressionantes de minha Presença –minha Presença, é claro, que está também dentro de vocês pelo Fogo ardente de vosso coração, pela intensidade do Amor.
Isso se vive agora, de maneira direta e concreta, palpável.
É em vocês, e não na cena deste mundo, e não na cena de vosso personagem, que se encontra a única Verdade, acessível por minha aragem e a ação sobre os Elementos, permitindo ao Anjo Uriel, Anjo da Presença e Arcanjo da Reversão, vos dar a viver e a ver a Verdade.
Vocês não têm necessidade de nenhuma bagagem, vocês não tem necessidade de nenhuma condição prévia, isso faz parte do dom da Graça que a Terra vive neste momento mesmo.
Não se deixem desviar do Verdadeiro por qualquer elemento de vosso corpo ou de vossa vida, ou deste mundo, estejam fortalecidos na Verdade, e todo o resto vos aparecerá com evidência, não a evidência dos eventos mas a evidência de vosso coração.
O momento chegou de viver tudo o que nós preparamos, juntos, para a celebração final, para as últimas Núpcias.
Esqueçam todo passado, toda experiência e permaneçam na nudez de vosso coração, que não é senão a Verdade inefável e beleza a nenhuma outra comparável.
O Anjo Uriel virá irradiar em tudo o que é falso, em tudo aquilo que passa, a fim de deixar apenas a imaculada Brancura, a imaculada Alegria.
Doravante – e as circunstâncias de vossas vidas vão vos conduzir também-, existe apenas o essencial: vosso coração.
Cada circunstância deste mundo, cada circunstância de vossa vida, no personagem e na história, vos leva com força ou com doçura ao mesmo lugar, à mesma Verdade, comum a cada um, ali onde não há nenhuma diferença, ali onde está a Liberdade e ali onde está a Alegria.
Como Maria vos disse, depende de vocês e de vocês sozinhos, em vossa consciência, de o viver, de o revelar, com facilidade, com majestade.
Minha semeadura e minha aragem vão continuar de maneira cada vez mais intensa à medida da progressão de Nibiru (Hercóbulos), cujos efeitos são desde já perceptíveis antes mesmo de sua visibilidade.
Como vocês o sabem, o conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, os Arcanjos, os Anciãos, as Estrelas, os povos galácticos, estão prontos da mesma maneira que vocês a viver isso.
Todo o resto desaparecerá de vossa vista, a Verdade será nua e tudo será regenerado, e nada nunca mais será semelhante, em vossa realidade densa.
Quaisquer que sejam as sirenes exteriores, quaisquer que sejam as resistências, as relações ou as ignorâncias podendo ainda existir para muitos entre vocês, não se alarmem com isso, tudo se desenrola à perfeição.
A majestade da Luz, assim como seu desdobramento visível, não permite o menor erro, não permite a menor anomalia nem o menor desvio.
A Verdade é nua, o coração se reencontra.
Retenham que não há nada mais a fazer, nada mais a empreender, somente estar aí, inteiramente aí.
Todo o resto se efetua pela Graça, pela própria Luz, em sua Inteligência e em sua Presença.
Mais nada pode depender de vocês, a não ser voltarem-se para vocês mesmos, não para fugir de qualquer evento ou de qualquer elemento de vosso corpo ou de vossa vida,
mas sim para estabelecer a Verdade de maneira visível.
Maria vos disse, não há nenhuma circunstância prévia, não há nenhum estado anterior que seja um obstáculo à Verdade do coração; isso se desenrola neste momento mesmo e se reforçará a cada dia um pouco mais até o momento do Apelo e da Revelação em vossos céus.
Vivam simplesmente o que a vida vos propõe, em alegrias como em dores, pois qualquer que seja a alegria efêmera ou a dor que apenas passa, não resta senão o Amor, não resta senão a Verdade.
O apelo do Espírito, o apelo do Fogo Ígneo vos toca cada vez mais fisicamente, por diversas manifestações.
Eu deixarei para isso o Arcanjo Anael vos dar alguns detalhes, alguns elementos, talvez somente para ainda vos assegurar, para vos encorajar.
À medida em que eu lavro o solo da Terra, eu corto em vocês, por vosso acolhimento, o que deve ser cortado, tirado, a fim de vos deixar viver a Verdade em toda liberdade, nessa alegria de Amor incomparável.
Vai vos aparecer de maneira evidente, se já não é fato, que somente o coração, a interioridade, o silêncio, permitem o desabrochar da Luz, em vossa Presença, assistindo por vocês mesmos ao desaparecimento de vosso personagem de diferentes maneiras, que é própria a cada um de vocês, antes do Apelo de Maria.
Ninguém conhece a data nem a hora, embora na hora atual, no calendário da Terra, mas eu apenas posso confirmar que isso é agora.
Qualquer que seja o desenrolar disso, quaisquer que sejam as etapas, o que quer que seja visto, a Verdade está aí.
Quaisquer que sejam os gestos ligados ao medo, a evidência toma o passo sobre o que é confuso.
Tudo se desenrola na verdade de vosso coração.
Tudo o que vocês podem observar fora – e fora é toda outra coisa que não o coração, que isso seja a parte externa de vosso corpo, o exterior de vosso ambiente, a cena do mundo– são apenas agitações estéreis daqueles que ainda não se reencontraram.
Perdoem pois eles não sabem, ainda, o que eles são.
Todos os jogos se concluem com a mesma potência, quebrando as últimas gangues que ainda podiam encerrar vosso coração e limitá-lo, forçá-lo.
Maria vos disse, vos é suficiente olhar vosso coração e vossa consciência seguirá, e vosso personagem se calará.
A Luz é simples, a pessoa será cada vez mais complicada, a vida ilusória também, mas a Vida real substituirá pouco a pouco.
Quer vocês tenham consciência ou não, não muda nada,
quer vocês já o vivam ou não, não muda nada, não mais.
Tudo está pronto, tudo está concluído, tudo se materializa, a fim de desaparecer no Fogo do Amor.
O Espírito está por toda parte, a Verdade explode por toda parte.
Quase não há mais zonas que estejam desprovidas de Luz e de iluminação, esses são apenas os últimos sobressaltos da agonia da Ilusão, que não concernem em nada ao que vocês são, qualquer que seja o estado de vossa pessoa, de vossa história.
A Luz vos quer cada vez mais frequentemente disponíveis para a Verdade e não mais para os jogos, e não mais para o sofrimento.
A Luz que vocês são não pode mais ser freada ou limitada de nenhuma maneira e em nenhuma postura como em nenhum ato da loucura humana.
Eles não sabem o que fazem.
Então regozijem-se, em qualquer lugar em que vocês se tenham, pois tudo muda, tudo se transforma, a fim de deixar somente a Verdade.
Não se preocupem com nada, a não ser serem vocês mesmos, a não ser reencontrarem-se.
A facilidade será então vosso lote cotidiano, a Evidência será uma graça enriquecida, se posso dizer assim.
A Luz ilumina vosso coração.
Vocês se iluminam do interior, colocando fim aos néons do mundo, a essas imagens falaciosas, a esses substitutos de vida.
Não pode haver nenhuma hesitação, nenhuma interrogação, a partir do instante em que vossa consciência se volta efetivamente para a Eternidade.
Vocês não têm nada a compreender, vocês não têm nada a apreender,vocês não têm nada a justificar, nem mesmo a explicar.
Vocês têm somente de se reconhecerem, e isso não pode em caso algum passar por vossa cabeça, isso não pode passar em caso algum por qualquer linearidade de vossa história, o que quer que vocês tenham vivido, para alguns entre vocês desde muitos anos.
Sejam novos, sejam virgens de qualquer suposição.
Assim se realiza o verdadeiro Acolhimento.
Coloquem fim a qualquer condição, a qualquer preliminar, a qualquer suposição, e vocês estarão instantaneamente estabelecidos na Verdade eterna, no Branco da Verdade.
Eu me dirijo a cada filho da lei do Um, ao coração de cada um, a fim de vos dizer :
REGOZIJEM-SE.
Não sucumbam a nenhum sofrimento, não sucumbam a nenhuma ilusão e a nenhum desvio.
Estejam aí, isso basta.
Não há outra condição, não há outro pré-requisito, não há outra preparação.
A Paz pede apenas para vos acompanhar em vossos últimos passos neste mundo.
A Verdade e o Amor são vossos guias infalíveis no retorno que vocês vivem.
Vivam cada minuto e cada passo que vocês dão neste mundo, com intensidade.
Cada minuto é o último, cada passo é o último.
Restará somente a Verdade.
Quaisquer que sejam os eventos que vocês atravessam ou atravessarão.
Portanto a intensidade da Vida livre vos percorrerá, não mais somente através da vibração, não mais somente através da percepção do corpo de Existência, para aqueles que o vivem, mas de maneira muito mais direta,
no coração.
E a mesma possibilidade é para cada um, onde quer que ele esteja hoje.
Há a mesma facilidade, a mesma evidência, o que quer que vossa pessoa diga disso, o que quer que vossa situação diga disso.
Silêncio…
O que eu vos digo, mesmo se para vossa razão isso pode parecer insensato, inverossímil ou inalcançável, é apenas um erro de vossa pessoa, dos últimos condicionamentos.
Não há obstáculo, não há mais e haverá cada vez menos para aqueles que ainda pensam em tê-los.
Isso são apenas erros.
Não há mais atrasos, não há mais distância, e isso é agora.
Se vocês devem reter só uma coisa de tudo o que talvez vocês escutaram, seguiram ou vivenciaram, é esta :regozijem-se, o coração está presente, o coração se reencontrou.
Silêncio…
Minhas palavras são menos numerosas já que acompanhadas da espada da Verdade e do Espírito do Sol.
Meus silêncios são mais intensos do que minhas palavras.
A Endo-Teofania se realizará por ela mesma, de maneira imprevista para muitos entre vocês, nos dias que se abrem diante de vocês.
Para aqueles entre vocês que se desesperam por não viver o coração, não há erro, não há atraso, não há anomalia,
simplesmente deixem fazer-se o que deve se fazer.
Não lutem, não apreendam nada.
Vocês não têm necessidade de compreender, nem mesmo explicar, porque o coração é natural, ele é eterno, e vocês são Amor, o quer que vos diga vossa vida, o que quer que vocês pensem.
E isso é simples, e isso se tornará, se ainda não o é, extremamente rápido, de maneira fulminante; em um instante, muitos entre vocês serão ressuscitados na Verdade.
Outros enfim entre vocês veem a Inteligência da Vida depurá-los, esculpi-los na Eternidade.
Sejam confiantes, a Verdade está aí para todos e cada um,
e mesmo para aquele que ainda a ignora.
Basta simplesmente estar no Acolhimento de nada projetar e de nada buscar no exterior de vocês.
Tudo se desenrola em vocês e em nenhuma outra parte,
pois a tela do mundo apenas passa e ela passa cada vez mais rápido, não deixando subsistir nenhuma estrutura ilusória.
Não há nada mais a preparar, vocês estão, cada um, totalmente prontos, mesmo se vocês dizem o contrário, mesmo se isso vos escapa no momento.
Tenham confiança no Amor, tenham confiança na Verdade eterna que vocês são, mesmo se vocês não percebem nada disso.
O que eu vos digo não é um encorajamento mas é simplesmente a Verdade estabelecida, que cresce com estrondo a cada dia.
Não pode aí haver ameaça, não pode aí haver julgamento, não pode aí haver perda, no que se desenrola.
E mesmo se vocês devem perder vosso corpo, qual diferença isso faz, a partir do instante em que vocês estão aqui presentes no corpo de Eternidade?
Uma vez que o que aparece não desaparecerá jamais, vocês o sabem, vocês o vivem.
Silêncio…
Vocês todos estão prontos, mesmo e sobretudo aquele que diria que ele não está.
Vão além das aparências, vão além do que pode vos parecer um paradoxo mas que não é um.
Verifiquem, vejam por vocês mesmos.
Silêncio…
Eu abençoo e honro cada um de vocês, em algum lugar que ele acredita situar-se fora do coração.
Eu conheço cada um de vossos corações, que é o coração do Um.
Minhas palavras não têm necessidade de serem mais numerosas, nem mesmo mais claras, porque eu me dirijo ao vosso coração, e ele, o sabe.
Eu sou Miguel, Príncipe e Regente das Milícias Celestes.
Na Paz do Cristo, no Amor de Maria, eu vos honro.
E eu me uno, neste instante, em vossa humanidade.
Mesmo se eu não conheço a forma, vossa transparência atual me dá a ver vosso coração.
Quer vocês estejam conscientes ou não, isso é verdadeiro.
Vão em paz, vão em alegria, e anunciem a boa nova – dentro de vocês.
E deixem cada um em sua liberdade de escolha.
Não amedrontem ninguém, não contrariem ninguém, sejam doces, humildes e fortes no Amor.
Eu vos saúdo.
Até sempre na Eternidade.
Até sempre no Amor.
Silêncio…
Até logo..
Post. e Fomatação. Semeador de Estrelas
Tradução do Francês: Ligia Borges
Fonte: Les Transformations
Áudio da Leitura da Mensagem em Português - por Noemia.
Clique aqui para fazer o download do áudio
Como em:
https://futurodanovaterra.blogspot.pt/2017/11/miguel-evidencia-17-outubro-2017.html